Blog da Guaranita

Ocre e geométricos são novidades da SPFW para o verão 2018

13 de setembro de 2017

Ainda pautada pelo modelo “see now buy now”, a 44a edição da São Paulo Fashion Week realizada entre 27 e 31 de agosto contou com a volta das grifes Iodice, Ronaldo Fraga, Reinaldo Lourenço e Gloria Coelho. Foi preciso uma edição fora para ajustar a produção ao novo calendário e às novas demandas do mercado.

 


Divulgação: Ag. Fotosite
Alguns dos destaques da SPFW 44: o amarelo ocre, aqui trazido pelo estilista Lino Villaventura; o geométrico e o vermelho como mostrou Lenny;
a valorização da camisaria e do oversized presentes na UMA; e as franjas (além da estampa geométrica) que completaram looks na Tig.

 

Mas tudo resolvido, o que se viu nas passarelas foram shows de cor e modelagem que prometem um verão dos mais sofisticados em 2018, com a crescente recuperação do trabalho artesanal, de técnicas ameaçadas pela industrialização e da criação colaborativa. Assim como João Pimenta e Dinho Batista fizeram na edição anterior, marcas como Helô Rocha e Ronaldo Fraga compuseram suas coleções de verão com matéria-prima feitas por comunidades de artesãs ou marcas iniciantes.

A primeira valeu-se do delicado trabalho feito pelas bordadeiras de Timbaúba dos Batistas, na região do Seridó, no interior do Rio Grande do Norte, para compor looks fluidos e ultrafemininos. Enquanto Fraga fez desfile todo colaborativo, valeu-se de sapatos e óculos de sol e sapatos das marcas Moon e Nuushoes, respectivamente, para compor sua primeira linha de moda praia, que por sua vez será produzida pela grife catarinense Silvia Shaeffer.

 


Reprodução FFW
A economia colaborativa também ganhou espaço no evento com as parcerias da grife Helô Rocha, que trouxe detalhes feitos pelas
bordadeiras do Seridó, e Ronaldo Fraga, que possibilitou a participação de grifes que sozinhas não estariam no evento.

 

A grande estrela da edição foi a estilista Lenny Niemeyer, que arrasou com uma coleção cheia de referências às artistas plásticas Hilma Af Klint e Emma Kunz, mestres do abstracionismo geométrico. Tema que invadiu maiôs, biquínis, vestidos e saídas de praia, e também pode ser visto em vários outros desfiles, como os da UMA, Iodice, Cotton Project e À La Garçonne. Quer dizer, prepare-se para ver muitas listras – em todos os sentidos e tamanhos – e elementos geométricos por aí.

 


Divulgação: Ag. Fotosite

A geometria presente nas coleções das grifes Lenny, Iodice, UMA e Cotton Project.

 

Na paleta de cores, a grande novidade foi a entrada do amarelo ocre, aquele entre o amarelo ovo e o mostarda, que apareceu em praticamente todas as coleções desfiladas nesta edição da SPFW. Fosse em looks completos ou em pequenos detalhes, combinada com preto e tons terrosos até chegar ao vermelho, outra cor que marcou presença.

 


Divulgação: Fernanda Calfat e Ag. Fotosite
Água de Coco, Cotton Project, UMA e SCK Samuel Cirnansck foram algumas das que apostaram em looks completos na cor do momento, amarelo ocre.

 


Divulgação: Ag. Fotosite e Fernanda Calfat
Lilly Sarti, Sissa, Água de Coco, Iodice caminharam pela paleta de cores indo do amarelo ocre aos tons terrosos até chega vermelho.

 


Divulgação: Ag. Fotosite
Osklen, Lilly Sarti, Sissa e Lino Villaventura arrasaram no vermelho total.

 

Mas o rosa millennium, que vem amadurecendo nas passarelas há algumas estações, derivado do rosa bebê também segue firme no verão 2018, trazendo um pouco de delicadeza, neutralidade e contraste às combinações com cores mais vibrantes. Especialmente em parceria com o vermelho.

 


Divulgação: Aziel Borges e Ag. Fotosite
O rosa millennium segue firme nas coleções da Tig, Lenny, Cotton Project e Água de Coco.

 

Outras tendências trazidas pela semana de moda paulistana foram as peças oversized para quebrar a formalidade, as franjas e badados que garantem mais movimento e um toque extra de feminilidade ao guarda-roupa e as transparências, que chegam não só por meio de tecidos delicados, mas principalmente por estruturas vazadas e recortes estratégicos. Entre as peças em alta, pontos para a camisaria e as saias longas que voltam com força.

 


Divulgação: Ag. Fotosite e Aziel Borges
As franjas marcaram presença na passarela da Iodice, as transparências vazadas nas coleções de Lilly Sarti e Lino Villaventura, e os babados na Tig.

 

 


As imagens utilizadas nesta postagem foram coletadas de websites e por isso a elas foram dadas os devidos créditos. Porém, caso você acredite que alguma delas foi divulgada indevidamente ou creditada a outrém por engano, comunique-nos enviando um e-mail (sac@guaranyind.com.br), e nós a removeremos imediatamente.

All images have been taken from other websites, therefore we give credits for those who created them. However, if you believe we may be either using an image unduly or crediting someone else by mistake, then please let us know (sac@guaranyind.com.br). In this case, we will remove such content immediately.

<< post anterior post seguinte >>

Tutorial

Veja todos os Tutoriais
CONTATO